História

O projeto Chemkeys é uma iniciativa pessoal dos Professores João Carlos de Andrade e Rogério Custódio, do Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Este site faz parte de um projeto educacional mais amplo e foi idealizado para conter materiais didáticos e textos de referência para o ensino da Química e ciências afins, tendo como público alvo principal os estudantes de nível universitário. Desde o início entendemos esse projeto educacional como uma forma de prestação de serviços à comunidade, em função dos esforços da UNICAMP em criar um sistema de ensino à distância.

A idéia de colocar materiais didáticos relacionados à Química na Internet surgiu em 1994, quando a rede mundial de computadores estava começando a tomar impulso. Após muitos esforços e com o suporte financeiro parcial do Fundo de Apoio ao Ensino e à Pesquisa (FAEP, hoje FAEPEx) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), este site foi inaugurado em 02 de Outubro de 1996. Desde então passou por processos contínuos para a criação de uma identidade e o desenvolvimento de materiais didáticos que refletissem a filosofia de apresentar assuntos de interesse geral relacionados ao ensino da Química, na forma de materiais teóricos e práticos e em uma linguagem acessível aos estudantes, com o objetivo de dar suporte às atividades desenvolvidas em salas de aula.

Na sua primeira versão, o site foi denominado “ChemView – o seu site de química”, cujo nome foi posteriormente mudado para “ChemKeys”. Até agora, pelo menos três conceitos de navegação e três designs foram criados, avaliados e testados (fig. 1-3), sempre buscando proporcionar um visual mais leve e agradável, associado à facilidade de obtenção da informação.

No formato mostrado na Figura 3, o que permaneceu por mais tempo disponível na rede de computadores até agora, foram criados cinco blocos para dispor as matérias.  Em Assuntos Gerais eram apresentados textos sobre assuntos técnicos e científicos de caráter geral ou textos de caráter didático que não tinham sido originalmente programados como tal. O bloco Material Didático foi orientado prioritariamente para a divulgação de matérias teóricas ou práticas que proporcionassem suporte a assuntos relacionados com a instrução em Química de nível superior. Deste bloco, em caráter experimental, constavam ainda alguns experimentos simples para o ensino fundamental.

figura-1

Figura 1 – Concepção original do site, denominado “ChemView”

figura-2

Figura 2 – Segunda versão do site, já com o nome ChemKeys.

figura-3

Figura 3 – Formato do site ChemKeys utilizado no período entre 2001 e 2009

Em Sites de Apoio eram comentados os materiais contidos em outros endereços eletrônicos, com conteúdos considerados relevantes e de interesse na área de Química. Em Novidades, eram indicadas novas matérias introduzidas ou modificadas a cada atualização do site, além de sugestões de leituras para estimular a reflexão e o pensamento crítico sobre assuntos relacionados ao ensino e à Ciência em geral, com ênfase especial para a área da Química. A introdução de um Mapa do Site permitia um acesso rápido e direto a qualquer texto publicado, além de proporcionar uma visão mais ampla da distribuição das matérias. Os conteúdos eram dispostos de modo mais uniforme e todas as chamadas no texto, fossem figuras, notas de esclarecimento, literatura, etc., eram feitas através de janelas sobrepostas ao texto principal, que podiam ser deslocadas na tela, minimizadas para uso posterior ou fechadas, de acordo com o interesse do leitor. Testamos também a edição de textos originais no formato PDF, para reduzir o custo e o tempo da edição de matérias extensas e complexas.

Metodologia e Estratégia de Ação
Desde o início, as matérias publicadas no site ChemKeys seguem basicamente o mesmo roteiro de uma publicação normal. Os textos apresentados são revisados, onde verifica-se a qualidade do conteúdo e a sua adequação aos objetivos do site. Uma vez aceito para publicação, tem início um (quase sempre) longo trabalho de edição do conteúdo, em contacto direto com os autores que, no final, recebem as provas para verificação e correções. Os trabalhos experimentais devem ser eficientemente testados e os nomes dos responsáveis pelos testes são também mencionados na página.

Resultados e Impactos
O site ChemKeys pode ser facilmente localizado a partir de qualquer sistema de busca e atualmente conta com cerca de 1.500-2.000 acessos únicos diários (usuários distintos), dependendo dos calendários escolares. O seu público está distribuído por vários países, notadamente nas Américas, com destaques para o Brasil e o México.
O nosso trabalho também chamou a atenção da Editora do Brasil, que solicitou e foi autorizada a publicar parte da matéria “Ecologia Química” no Manual do Professor do livro de Ciências de 5ª a 8ª séries, de autoria de Margarida Carvalho de Santana e equipe.

Riscos e Dificuldades
Durante o desenvolvimento desse projeto, seus coordenadores tiveram a oportunidade de avaliar um amplo espectro de situações que caracterizam uma série de dificuldades no desenvolvimento de um site educacional. Deixando o financiamento  formal à parte e considerando apenas as questões mais técnicas, estas dificuldades podem ser divididas em duas categorias distintas: a) os aspectos educacionais e b) os aspectos de administração do site. Nenhuma dessas duas categorias é de execução trivial ou pode ser realizada a bom termo sem que se encontre um número significativo de problemas a ser superado.

As dificuldades associadas com os aspectos educacionais, em geral, estão ligadas à responsabilidade de divulgar conhecimento em um nível compatível com o mecanismo de divulgação. Em outras palavras, a transmissão via Internet deve ser realizada de tal maneira que o leitor encontre um volume e qualidade de informações que permitam a obtenção de conhecimento suficiente e atualizado sobre o assunto. A restrição de suficiência está diretamente relacionada à facilidade do leitor contatar os autores dos textos divulgados. Caso o texto não seja claro ou esteja equivocado, duas situações são esperadas: ou o autor receberá um número enorme de questionamentos, ou o texto será desconsiderado. Em qualquer destas duas alternativas o resultado esperado de divulgação de alguma matéria é frustrante e, portanto, uma atenção óbvia na qualidade do conteúdo deve ser realizada minuciosamente, pois a divulgação de matérias claras e precisas minimiza desgastes em relação aos possíveis questionamentos dos leitores. É por essa razão que qualquer contribuição para o ChemKeys só é publicada após um detalhamento muito rigoroso, até atingir um nível de conteúdo e de compreensão apropriados aos objetivos fundamentais do site.

Pode-se dizer que a trajetória do ChemKeys revelou ainda diferentes facetas com relação à preparação e divulgação de material educacional. Enquanto nos primeiros anos a inclusão de materiais didáticos foi essencialmente associada a temas redigidos pelos coordenadores do site, atualmente verifica-se um crescente interesse por parte de outros docentes e pesquisadores da área de Química e áreas afins. A razão para a diminuição da resistência de docentes em investir parte de seu tempo na elaboração de materiais didáticos está associada à demanda crescente de textos nesta área e à valorização e projeção das informações divulgadas em nosso site. Os autores agora sabem que suas matérias têm grande visibilidade e que podem constar de curricula vitae oficiais, como o CV-Lattes.

A administração do site é outro aspecto crítico que está associado à forma de apresentação e ao investimento necessário de recursos para sua execução. Da mesma forma que para os aspectos educacionais, a administração do site sofreu mudanças drásticas em termos operacionais. Uma vez que a divulgação de materiais didáticos na Internet exige o conhecimento técnico de elaboração de hipertextos, os coordenadores do ChemKeys decidiram inicialmente que se dedicariam à elaboração de textos didáticos, avaliação e adaptação de textos redigidos por outros autores e acompanhamento no processo de elaboração dos hipertextos.

Esta política de execução do projeto exigiu ao longo do tempo, a utilização de diferentes equipes de montagem dos hipertextos e freqüentes revisões do portal, no sentido de melhorar o acesso aos materiais didáticos e permitir uma inclusão mais rápida das matérias preparadas. No esquema original, as novas matérias eram incluídas “artesanalmente” e, freqüentemente, alguns arquivos eram repetidos para que a página fosse carregada mais rapidamente.

As necessidades para um salto de qualidade
Considerando o atual volume de matérias em preparação, a extensão e complexidade dos textos, figuras e multimídias, bem como a possibilidade de se retomar as traduções para o espanhol e para o inglês, um salto qualitativo significativo era necessário. Isto foi realizado em associação com a empresa ECCEN-Excelência em Tecnologia, para a criação de novas interfaces que permitissem o salto de qualidade pretendido neste trabalho, agora desenvolvido sob a licença Creative Commons. Assim, temos uma equipe multidisciplinar para a produção de arte, web design e engenharia de software, para uma total remodelação do site, além de ferramentas gerenciais e de computação para mantê-lo ativo como inicialmente idealizado.

Campinas, 15 de Julho de 2009

Prof. Dr. João Carlos de Andrade

Prof. Dr. Rogério Custódio





Facebook